quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Devo mesmo agradar a Deus?


Interessante que Paulo, o apóstolo, na sua carta aos Gálatas, começa falando sobre a adulteração do evangelho de Cristo. Ai ele usa aquela famosa frase que muitos conhecem, mas poucos assimilam: “Se descer um anjo do céu e pregar outro evangelho diferente do que eu estou pregando, seja amaldiçoado”. Isso, porque Paulo estava pregando um evangelho genuíno, conforme recebera pessoalmente de Yeshua, porém, os religiosos não recebiam assim.  Mas Paulo estava tão convicto da veracidade deste evangelho que chega a declarar:

Gálatas 1:10 NVI  Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.

Se ele diz “agora busco” significa que antes ele buscava. Mostra que ele antes gostava da aprovação dos homens. E você? A quem estás buscando agradar. É fato, que quase sempre buscamos agradar a quem está ao nosso redor, pois o homem necessita de aceitação, de aprovação. Mas faço novamente a pergunta de Paulo: “É melhor que os homens me aprovem, ou o Deus que criou todos os homens?”

Gálatas 1:11-12 NVI  Irmãos, quero que saibam que o evangelho por mim anunciado não é de origem humana.  (12)  Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; pelo contrário, eu o recebi de Jesus Cristo por revelação.

Não foi de homens que Paulo aprendeu a doutrina, ninguém ensinou para ele o que ele deveria fazer, se não o próprio Yeshua. Paulo estava pregando algo que eles não queriam aceitar, por não entender. E até certo ponto, Paulo começa a exibir como fora o seu zeloso proceder na religião judaica, inclusive perseguindo a igreja de Cristo. Agora, Paulo na integridade da igreja, está sendo rejeitado. Por quem? Por aqueles que se dizem ser a igreja.

Não importa o que as pessoas pensam sobre você mais do que o que Deus pensa. Aquilo que o Espírito colocou no teu coração para fazer é o que importa. Desde que você esteja convicto deste chamado, como Paulo estava. Paulo está dizendo: “Eu não quero saber a opinião das pessoas. Eu quero fazer o que o Pai me ordenou fazer”.

Gálatas 1:15-16 NVI  ... Quando lhe agradou  (16)  revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios, não consultei pessoa alguma.

Paulo empenhou-se em fazer isso sem perda de tempo. Imediatamente ele partiu em prol do seu chamado:

Gálatas 1:17-20 NVI  Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e tornei a voltar a Damasco.  (18)  Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro pessoalmente, e estive com ele quinze dias.  (19)  Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor.  (20)  Quanto ao que lhes escrevo, afirmo diante de Deus que não minto.

Paulo continua descrevendo que depois de 14 anos, ele foi novamente a Jerusalém pregar o evangelho e procurou fazer isso com estratégia. Buscou os mais influentes entre eles (líderes) e lhes anunciou a verdade. Mas Paulo diz que essas pessoas, que eram influentes, de nada serviram. Infelizmente, coisas do tipo ocorrem em nossos dias também.

Gálatas 2:6 E os grandes líderes da Igreja que estavam presentes lá, nada tiveram a acrescentar àquilo que eu pregava. ( Aliás, o fato de serem eles grandes líderes não fez diferença nenhuma para mim, pois todos somos iguais diante de Deus ).

Paulo chega até mesmo a  repreender Pedro por seu mal proceder. O que eu quero dizer com tudo isso é que Paulo não estava interessado em agradar a homem nenhum, seja ele da mais alta posição que pudesse ter. Ele estava completamente focado, apaixonado em cumprir o chamado que ele recebera.

Descubra a chama que arde em você, aquilo que o Espírito te convocou a fazer e faça-o diligentemente. Não se preocupe com a opinião alheia, se você tiver convicção de Deus. As pessoas criticam o que não entendem. Falam mal do que não podem compreender. Lembre-se de que também falaram mal de Yeshua, também o perseguiram. Também te perseguirão. Afinal, vinho novo, exige odres novos! #thinkabout

João 15:20 NVI  Lembrem-se das palavras que eu lhes disse: nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também perseguirão vocês. Se obedeceram à minha palavra, também obedecerão à de vocês.

Agora, para agradar a Deus tem algo que é indispensável: fé. Eu tenho que ter plena confiança nEle para obedecer fielmente ao que Ele me entregou para fazer. Ou seja, preciso ter fé... e sem fé é impossível agradá-lo. 

Pr. Alex Guedes
Comunidade Cristã Christos

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Lidando com a culpa e o perdão

Eu quero encorajar a você que se sente "para baixo" por causa de algum erro. Você que não se sente merecedor do amor de Cristo, só porque você pecou em algum momento da sua caminhada e isso te perturba. Quero que você entenda, que a exata necessidade do Criador do mundo ter encarnado, foi para te libertar do poder do pecado e da morte. Então, se atente para algumas informações:

1° Com exceção de Yeshua, não há ninguém que nunca tenha errado (nem o Papa rs)
2° Deus não nos trata conforme os nossos pecados
3° O amor de Des por nós é excedentemente maior que os nossos erros
4° Deus não esperou vocÊ se tornar santo para morrer por você.  Ele fez por amor, exatamente para te livrar do pecado
5° Yeshua ensinou a Pedro que não existe limite para perdoar. Então quantas vezes necessário for, Ele te perdoará. Yeshua é a exata expressão de quem Deus é.

Tudo o que recebemos de Deus é através da fé... inclusive o perdão. Então, se ainda se sente culpado, peça perdão ao Senhor, em nome de Yeshua e receba por fé, o perdão. Lembre-se que Satanás sempre vai massacrar a sua mente... mas se vocÊ se encher da Palavra, você passará a ter a mente de Cristo e rejeitará todo pensamento, idéia e sofisma do inimigo, com a PAlavra, como Yeshua fez.

Agora, eu vou te enviar algumas escrituras. Medite nelas. Leia e releia inúmeras vezes até desenvolver a fé necessária para que a Palavra refute todo e qualquer pensamento contrário. Lembre-se: Deus é bom!

"Todos pecaram e não são capazes de merecer o louvor de Deus" Rm. 3:23

"Adonai é misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e rico em graça. Não acusa para sempre, não manterá sua ira para sempre. Não nos tratará como nossos pecados merecem, nem nos retribuirá por nossas ofensas" Tehillim 103.8-10 [Salmos]

"Deus demonstra o seu amor por nós no fato de o Messias ter morrido a nosso favor enquanto ainda éramos pecadores" Rm. 5:8

"Então Pedro se aproximou e lhe disse: "Rabbi, quantas vezes poderá meu irmão pecar contra mim e eu terei de perdoá-lo? Umas sete vezes?!". Não; não até umas sete vezes, mas setenta vezes sete!" Mattityahu 18.21-22

"Este Filho é o resplendor da Sh'khinah, a expressão exata da essência de Deus, sustentando tudo o que exsite por sua Palavra poderosa" Hb. 1:3

"Escrevo-lhe essas coisas para que vocês não pequem. Se, ainda assim, alguém pecar, temos Yeshua, o Messias, o Justo, que intercede por nossa causa junto ao Pai. Ele é também a propiciação pelos nossos pecados - e não apenas pelos nossos, mas também pelos do mundo todo" 1 Yochanan [João] 2:1-2

"Se o nosso coração sabe de algo contrário a nós, Deus é maior do que o nosso coração e sabe todas as coisas. Queridos amigos, se nosso coração não souber de nada contra nós, temos confiança para nos aproximarmos de Deus" 1 Yochanan 3.20-21