segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sabedoria Divina

Há quatro animais pequenos que ensinam sabedoria ao homem mais inteligente: as formigas, tão pequenas, que sabem guardar comida para o inverno; os coelhos, tão fracos, que fazem sua toca no meio das pedras para se protegerem; os gafanhotos, que não têm lider mas voam juntos, em grandes bandos; as lagartixas, que podemos matar com as mãos e, no entanto, vivem até nos palácios dos reis" (Prv 30:24-28)

Como podem quatro criaturas tão 'insignificantes' ensinar ao homem? Como pôde Salomão dizer que elas são mais sábias que os homens mais inteligentes?
As formigas, sempre em movimento, trabalhando arduamente, umas para protegerem o formigueiro, outras trazendo alimentos até o formigueiro, outras cuidam da estocagem desses alimentos, para que nunca lhes falte nos tempos difíceis. Todas elas trabalham em prol da sua família, da sua colônia. O seu trabalho nunca é individual, mas sempre em prol da coletividade. Como deveria ser no corpo de Cristo. A Palavra diz que elas tem sabedoria excedente.

Os coelhos, são animais bem frágeis, muito vulneráveis. Porém vivem em grupo e nunca se afastam dele, pois sabem que eles ficariam muito suscetíveis aos predadores. Constroem suas tocas próximo a rochas, onde eles estão a salvo. Nós devemos estar sempre na rocha, nossa habitação, nossa morada, nossa fortaleza, nossa segurança tem que ser A Rocha, que é o Cristo! A Palavra diz que os coelhos tem sabedoria excedente.

Os gafanhotos não tem quem os lidere, mas ainda assim, eles são extremamente organizados. Todos eles voam juntos, em formação, como se fossem um exército. São capazes de destruir uma fazenda inteira. Vem como uma nuvem, devastam as plantações e se vão novamente em bando. Eles tem sabedoria excedente, conforma a Palavra diz.


Por fim temos as lagartixas e as aranhas. Animais que podem ser facilmente apanhados com as mãos. Animais que agem silenciosamente, em certas ocasiões e locais, sua presença praticamente não é notada. Mas elas estão por ai, em tudo que é lugar. Conforme disse Salomão, elas podem espreitar até dentro do quarto das autoridades. Elas vivem até mesmo nos Palácios Reais. A sabedoria dessas criaturas é excedente.

Todos nós temos muito o que aprender com eles. A sermos amáveis e buscarmos o bem de todo o corpo, não somente o nosso. Temos que aprender que nossa segurança em todo o tempo, é Cristo e, ninguém mais. Não podemos nos afastar do grupo. Precisamos aprender a sermos organizados e trabalhar em prol de um objetivo comum  (Reino de Deus) e, termos habilidade de estarmos em posições de privilégio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário